Esportes

Chefe da Olimpíada de Tóquio renuncia

O presidente do comitê organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o japonês Yoshiro Mori, anunciou nesta sexta-feira (12) sua renúncia ao cargo, após a polêmica provocada por seus comentários sexistas na semana passada.

“Minha declaração provocou muito caos. Desejo renunciar como presidente a partir de hoje. Vou renunciar ao cargo de presidente do comitê”, disse Mori, durante seu discurso na reunião realizada nesta sexta em Tóquio, a primeira parte da qual foi aberta à mídia.

O ex-primeiro-ministro do Japão (entre 2000 e 2001), de 83 anos, fez o anúncio na reunião dos conselheiros e da diretoria executiva do órgão encarregado de Tóquio 2020, convocada para discutir as consequências dos comentários de Mori.

Resultado de imagem para lg net

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo