DestaqueNotícias

Líderes comunitários pedem socorro e lutam por estadualização de rodovia no Vale do Piancó

A partir da criação da Associação dos Moradores da Região da Serra, em Julho de 2011, foi intensificada mais ainda a busca por ajuda

A luta já vem sendo enfrentada há décadas, na perspectiva de resolver grandes problemas vivenciados diariamente por famílias rurais. Moradores de várias comunidades rurais do município de Diamante, no Sertão da Paraíba, que utilizam a Rodovia PB-392, (Antiga PB-388), já utilizaram vários mecanismos para chamar a atenção do Governo do Estado para demonstrar o tamanho do problema que são obrigados a conviver com a má qualidade das estradas, que utilizam para escoar produtos, estudar e resolver problemas do cotidiano.

A partir da criação da Associação dos Moradores da Região da Serra, em Julho de 2011, foi intensificada mais ainda a busca por ajuda. Os lideres desse movimento, Francisco Limeira, José Venâncio e Aluízio Delfino chamaram a atenção do governo através de ofícios, requerimentos e até o uso da tribuna durante as plenárias do Orçamento Democrático Estadual.

(Venâncio e Aluízio já encaminharam vários documentos ao Governo)

Os lideres e fundadores, com o apoio da Comunidade Quilombola de Barra de Oitis, também se candidatar e eleitos como conselheiros do Orçamento Democrático, tudo isso na missão de lutar pela estadualização da rodovia, para que o Governo passe a tomar de conta e terraplanar esse trecho, dando assim, mais dignidade as famílias rurais que por ali trafegam diariamente.

(Trecho compreende dois municípios)

A Rodovia PB-392 tem início na Comunidade Quilombola de Barra de Oitis, passando por várias Comunidades e fazendas, indo de encontro até a Rodovia PB-400, no município de Bonito de Santa Fe (PB).

Segundo Francisco Limeira, enfrentante do movimento, os líderes comunitários estão pleiteando a estadualização de um trecho com 7,8 quilômetros de extensão. “Precisamos mais que nunca, dessa estadualização. O trecho vai de Cafundo, no município de Diamante, até Montevideu, município de Conceição”, comentou.

Francisco falou que o intuito maior, é que Governo do Estado assumirá a terraplanagem e a construção do calçamento da ladeira da “PINGUELA” na divisa dos municípios de Diamante e Conceição.

(Solicitação de calçamento já foi encaminhada para resolver o problema da ladeira, porém até agora nada) 

“Precisamos ser ouvidos. Hoje a nossa sorte tem sido as redes sociais, pois diariamente pedimos socorro aos deputados, ao governo, bem como aos prefeitos e algumas vezes conseguimos comover e ai eles mandam fazer uma manutenção paliativa, porém, já está na hora de sermos atendidos, precisamos a ajuda dos políticos, dos deputados que foram votados na região a exemplo de Taciano Diniz, João Gonsalves, Ricardo Barbosa, Wilson filho entre outros”, pontua Limeira.

A região da Serra, no município de Diamante e a região do Distrito de Montevideo, em Conceição, são os maiores produtores de Mel de Abelha, Leite, Caprinos, Ovinos, Batata Doce e outras hortaliças e por isso dependem desta Rodovia (PB-392) para escoar a Produção para as cidades de Conceição, Bonito, Diamante, São José de Caiana e Itaporanga.

 

Fonte Diamante Online
Resultado de imagem para lg net

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo