DestaqueVALE DO PIANCÓ

Vai fechar tudo: Após reunião com prefeitos, deputados e outras autoridades, João Azevêdo deve anunciar medidas mais duras para enfretamento à Covid-19

POLÍTICA

Após reunião com prefeitos, deputados e outras autoridades, João Azevêdo deve anunciar medidas mais duras para enfretamento à Covid-19

07/03/2021


(Foto: Reprodução)

Da redação/Portal WSCOM

O governador João Azevêdo se reuniu por vídeo conferência, na tarde deste domingo (7), com os prefeitos de João Pessoa, Cícero Lucena, e Campina Grande, Bruno Cunha Lima, e com a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), para debater o avanço da pandemia e planejar medidas para combater o recrudescimento de casos na Paraíba. A expectativa é de que novas medidas mais duras sejam anunciadas em breve.

Também participaram da reunião o Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Justiça (TJ), e Ministério Público do Trabalho (MPT).

Foi defendida a adoção de medidas mais rígidas e mais restritivas pela maioria dos presentes no encontro. Os Ministérios Públicos cobraram ações palpáveis por parte do poder público executivo.

 

(Foto: Reprodução)

 

Uma alternativa discutida foi o fechamento de serviços não essenciais aos fins de semana, no entanto nada foi definido. A possibilidade de um lockdown neste momento foi descartada.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, que se manifestou ontem (6) em suas redes sociais contra a classificação de bandeira laranja para o município, alegando que “Campina está numa situação diferenciada”, utilizou mais uma vez o argumento durante o debate.

Com recorde de internação, a Paraíba registrou mais 1.218 casos e 23 óbitos por Covid-19 neste domingo. A expectativa é de que sejam realizadas novas reuniões para definição de medidas efetivas ao combate do novo coronavírus, além da publicação de novos decretos estadual e municipais ainda nesta semana.

Piancó - LGNET

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo