Avião de Temer fica sem combustível para viagens

Por Júnior Viriato 26/05/2018 - 09:51 hs

“Se o presidente precisar se deslocar para um destino longo, terá muita dificuldade”, afirmou uma fonte ligada à Presidência da República.

Conforme informou a mesma fonte, a equipe responsável pelos deslocamentos de Temer também foi pega de surpresa com a falta de combustível que afeta o aeroporto de Brasília (DF) e outros 10 terminais. O gabinete presidencial teria sido alertado sobre a dificuldade de decolagem da aeronave presidencial, a depender do destino.

De acordo com a reportagem, uma saída para a Força Aérea Brasileira (FAB) – caso tenha combustível para um voo mais curto – seria voar com o avião presidencial até os aeroportos de Guarulhos ou Galeão, abastecidos com dutos da Petrobras, para um reabastecimento. Essa possibilidade, no entanto, também não é confirmada pela FAB.

Sobre a quantidade de querosene de aviação armazenada, a FAB limitou-se a informar que “está preparada para eventuais contingências, de modo a não comprometer suas missões essenciais”.