MP investiga prefeito por possível improbidade em São Bento

Por Júnior Viriato 23/05/2018 - 17:11 hs

 

A Promotoria de Justiça Cumulativa de São Bento, no Sertão paraibano, instaurou, nesta quarta-feira (23), inquérito civil para averiguar a ocorrência de ato de improbidade administrativa devido à suposta prática de fraude em licitação, nepotismo e favorecimento de parentes praticados pelo atual prefeito de São Bento, Jarques Lúcio da Silva II.

A promotoria determinou o levantamento de cargos com relação de parentesco com o prefeito de São Bento, no Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Também será notificado o prefeito e o coordenador de processos licitatórios para que encaminhem, no prazo de 15 dias, todas as licitações realizadas em 2018.

O inquérito foi instaurado para apurar irregularidades que foram noticiadas na última terça-feira (22) em um programa de rádio de rede estadual.

MaisPB