População de CG protesta contra matança de animais em Igaracy

Por Júnior Viriato 10/03/2018 - 19:22 hs

Vestidos de preto, com faixas, cartazes e velas na mão, dezenas de moradores de Campina Grande se reuniram nesta sexta-feira (9), à noite, às margens do Açude Velho, para protestar contra determinação da morte de pelo menos 31 cães na cidade de Igaracy, no Sertão paraibano.

O caso ocorreu há uma semana. A medida foi tomada pela Secretaria de Saúde do Município a qual alegou que os animais estavam doentes e ofereciam risco à população. Segundo a prefeitura, os animais foram sacrificados sem sofrimento, através de eutanásia. Mas, a Polícia Civil está investigado o caso, após denúncias de que os cães foram mortes de forma cruel.

O caso gerou revolta em várias partes do Brasil, através das redes sociais com apoio de artistas e ativistas. Em Campina Grande, entre os integrantes do ato estavam voluntários, advogados, médicos veterinários e donos de animais. O grupo ficou concentrado no monumentos dos Pioneiros e a escolha do local para o protesto não foi em vão O estudante Matheus Neves disse que o ato “é pra mostrar que existem pessoas que amam a causa animal e que não perdida e que o amor ao próximo é isso. É não se calar”.

A advogada Rachel Batista participou do ato e explicou que os elementos levantados pela Polícia Civil, no inquérito, indicam que houve crime. “O crime foi cometido segundo a lei de crimes ambientais no artigo 32 que trata contra a fauna domésticos. Diz que foi foi cometido um crime. Foi cometida irregularidade, contra resolução do conselho de medicina veterinário, porque não foi observado os critérios pra eutanásia. não foi eutanásia, foi chacina, de acordo com as provas”, asseverou Rachel. Crueldade O delegado da Polícia Civil de Itaporanga, Glêberson Fernandes, responsável pelo inquérito que investiga a morte de cães na cidade de Igaracy, na região do Sertão, revelou nesta quinta-feira (8) que os animais recolhidos pelo município foram sacrificados com resquícios de crueldade, ou seja, diferente da versão apresentada pelo município que os animais haviam sido submetidos ao procedimento de eutanásia. Após serem mortos, os corpos dos cães foram despejados em uma área próxima ao lixão da cidade. O secretário de saúde da cidade, José Carlos Maia, foi exonerado do cargo na quinta-feira (8).Para o Ministério Público Estadual da Paraíba (MPPB), ele violou “aos princípios da legalidade, moralidade e legitimidade, ineres ao cargo público” ao ordenar a matança de animais na cidade. 1Clique para compartilhar no Facebook(abre em nova janela)1Clique para compartilhar no Twitter(abre em nova janela)Clique para compartilhar no WhatsApp(abre em nova janela)Clique para compartilhar no Telegram(abre em nova janela)Compartilhe no Skype(abre em nova janela)Clique para imprimir(abre em nova janela) Comente Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais: Facebook, Twitter e Youtube. Interaja com o Paraíba Já: E-mail: redacao@paraibaja.com.br Artigo anterior Mulheres tem entrada gratuita no jogo entre Nacional x Auto Esporte Próximo artigo “O trabalho de RC fez com que eu deixasse o PSDB”, afirma Mineral Redação Paraíba Já http://paraibaja.com.br Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social. ARTIGOS RELACIONADOSMais do autor Ricardo abre ano letivo da Rede Estadual de Ensino nesta quarta-feira Ricardo revela que irá realizar concursos para hospitais na PB Nonato diz que consenso dos aliados sobre nome de João é inédito; ouça Nonato deixa claro que quem entrar no PPS terá que aderir também ao projeto do PSB Parlamentares já podem trocar de legenda com janela partidária sem sofrer punição DEIXE UMA RESPOSTA Comentário: Nome:* E-mail:* Site: Notifique-me sobre novos comentários por e-mail.

Notifique-me sobre novas publicações por e-mail. Publicidade Mais Lidas Ricardo defende João dos ataques da oposição: “fará um governo melhor que o meu”; ouça O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou destacar as qualidade do secretário de Infraestrutura e Recursos Hídricos do Estado João Azevêdo. Para o chefe do executivo, o pré-candidato do PSB a governador foi o principal mentor e construtor das obras executadas em suas gestões, seja à frente da Prefeitura de João Pessoa, seja à frente do Governo. Ricardo também frisou o discurso oposicionista em apontar que João Azevêdo não é um político. “João Azevêdo tem postura, tem compreensão pra isso. Ninguém se iluda achando que João é um técnico, João está na política há muitos anos e sempre fez a opção de contribuir”, observou o governador. “Eu fiz 67 praças quando fui prefeito de João Pessoa, sabe quem era o construtor? Quem era o secretário? João Azevêdo. Fizemos 80 PSF’s, quem era? João Azevêdo. Esses 1.500 Km de adutoras é João também; 2.400 Km de estrada no Estado é João. Ou seja, João não é uma figura que caiu agora, como alguns tentam passar. Ele tem a compreensão da política e vai fazer um governo até superior aquilo que nós conseguimos fazer”, completou Ricardo. Ricardo defende João dos ataques da oposição: “fará um governo melhor... Arthurzinho deixa o PRTB e recebe convite de Leto para disputar a reeleição pelo PRP Arthurzinho deixa o PRTB e recebe convite de Leto para disputar... Jornalista gay que atuou na Paraíba pede fim de gritos homofóbicos contra o São Paulo Jornalista gay que atuou na Paraíba pede fim de gritos homofóbicos... Justiça proíbe que servidores de Araruna sejam desviados de funções originárias Justiça proíbe que servidores de Araruna sejam desviados de funções originárias Lauro Jardim diz que Pedro Cunha Lima deixará PSDB para se filiar ao PPS Lauro Jardim diz que Pedro Cunha Lima deixará PSDB para se... Nossas Redes Sociais 18,323 Fãs CURTIR 8,305 Seguidores SEGUIR 644 Inscritos INSCREVER