Primeiro cargueiro elétrico do mundo começará a operar na Holanda

Por Júnior Viriato 04/02/2018 - 23:57 hs

O porto de Antuérpia, na Holanda, terá uma nova atração no próximo verão europeu: o primeiro cargueiro elétrico do mundo. A empresa Port-Liner anunciou que o primeiro “tesla dos canais” começara a atuar no porto em agosto. O barco foi desenvolvido em parceria entre o governo da Antuérpia e a Comunidade Europeia, em um investimento total de pouco mais de 200 milhões de euros.

O navio é o primeiro passo em um projeto que busca reduzir o tráfego de caminhões nas estradas da Holanda, assim como o consumo de diesel. No total, a Port-Liner pretende lançar cinco barcos pequenos, com 52 metros de comprimento e 6,7 m de largura, e outros seis grandes, com 110 metros de comprimento e capacidade para carregar até 270 contêineres. Os menores poderão acomodar 24 contêineres, com um peso total de 425 toneladas, e terão autonomia para 15 horas de viagem.

Já a bateria dos maiores deve durar 35 horas. Ambos os modelos vão utilizar somente eletricidade proveniente de baterias instaladas em contêineres no deck dos navios. A recarga completa dos navios pequenos leva quatro horas e, quando necessário, a bateria pode ser substituída no porto. O modelo de bateria desenvolvido pode ser facilmente replicado em barcos antigos, através da instalação de baterias, que são facilmente acopláveis a estruturas antigas. Isso permite a reutilização e restauro de cargueiros antes movidos a diesel, evitando o descarte precoce de embarcações.