Padastro é acusado de estupro de menor em São Bento

Por Júnior Viriato 19/01/2018 - 12:11 hs

Já era madrugada de ontem, quando a mãe acordou e sentiu falta da filha de dez anos. Após procurá-la por toda a casa, a garota foi encontrada no quintal acompanhada do padrasto. Estranhando aquela situação, a mulher perguntou o que os dois estavam fazendo ali tão tarde. A resposta da filha denunciou um caso de estupro de vulnerável que, segundo a polícia, vem acontecendo desde o final do ano passado.

 

O fato foi registrado no bairro Loteamento Portal, em São Bento, no Sertão. Todos os nomes dos envolvidos foram preservados para não expor as vítimas, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

De acordo com informações de Polícia Militar, a menina contou à mãe que o padrasto havia tirado sua roupa e tocado suas partes íntimas. Ela também contou que o pedreiro de 29 anos lambeu seu corpo e que chegou até a morder as nádegas dela. Por se tratar de um homem muito violento, a mãe resolveu aguardar o companheiro dormir para denunciá-lo à polícia.

 

Os três envolvidos e uma irmã mais nova da vítima, de três anos, moravam na mesma residência. Não há suspeita de que ela tenha sido violentada. O pai das crianças mora na cidade e não tinha conhecimento do caso.

 

 

Imagem ilustrativa

Redaçã