Com nova política da Petrobras, gasolina sobe 11% em três meses

Por Júnior Viriato 02/10/2017 - 08:59 hs

Desde que a adotou a política de reajuste diário de preços da gasolina, no dia 3 de julho, a Petrobras alterou 58 vezes o valor do combustível vendido pelas refinarias do País. No período até sexta-feira (29), a estatal elevou o preço da gasolina 28 vezes e diminuiu em 30 oportunidades.

Neste período, as alterações fizeram com que o valor médio cobrado pelo litro da gasolina subisse 11,32% (R$ 0,395) nas bombas e 13,29% (R$ 0,404) nas distribuidoras que repassam o líquido aos postos.

Com os valores, é possível afirmar que o preço da gasolina aos motoristas teve uma variação real de 10,94% desde a adoção da nova política da Petrobras. O reajuste é mais de 30 vezes maior do que a inflação de 0,34% acumulada do período entre julho e setembro, de acordo com o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).