ASSISTA: Deputado cobra posição da bancada federal paraibana em relação a obra do Ramal do Vale do Piancó

Por Júnior Viriato 31/08/2017 - 12:02 hs

O ramal do Apodi, que vai captar água em Cajazeiras para levar para  a região de Pau dos Ferros e a região de Mossoró (RN) é uma obra de mais de R$ 2 bilhões. São quase 200 quilômetros de obras, ou seja, é uma obra gigantesca, mas já está com o orçamento previsto, para o próximo ano. Já a obra do ramal do Vale do Piancó, que é de apenas 30 km, não tem projeto e não tem previsão orçamentária. O que está fazendo a nossa bancada federal que não cobra do Ministério da Integração a inclusão desta dotação no orçamento de 2018?, questionou hoje (30), o deputado estadual Jeová Campos (PSB), durante pronunciamento na ALPB.

            Segundo o parlamentar, que participou na semana passada de uma audiência pública em Brasília, com a presença do Ministro da Integração, Helder Barbalho, sobre obras hídricas, essa diferença de situação entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte deixa claro a força de mobilização da bancada federal potiguar, liderada pela senadora Fátima Bezerra, e a inércia da bancada federal paraibana, cuja participação na audiência se resumiu a um único deputado, que foi Rômulo Gouvêa, além dos senadores.

            “Ai, eu pergunto aos deputados federais da Paraíba: Será que é possível sair dos gabinetes e entender que o Vale do Piancó está sem água e entender que Coremas/Mãe D’água, que abastece mais de 40 municípios, inclusive Pombal e Patos, esse ano teve apenas uma chuva no Rio Piancó, que levou pouca água para Coremas. Não é um contra senso que essa obra não seja uma prioridade na agenda de nossos representantes?”, indaga Jeová.

             Para o deputado é preciso que a bancada federal paraibana exija do Ministério da Integração que inclua também, na proposta de orçamento de 2018, não apenas o projeto do Ramal do Vale do Piancó, mas também recursos para a licitação e para a obra. “Nós merecemos um tratamento igual aos nossos irmãos do Rio Grande do Norte. Se vai começar a obra do Apodi, por que não fazer o Ramal do Vale do Piancó que corresponde a apenas 10% da obra do Apodi e é tão necessária e urgente?”, indaga Jeová. O parlamentar anunciou que nos dias 21 e 22 de setembro, será realizada a Caravana das Águas do Vale do Piancó, que vai começar em Mauriti e terminar com um ato político em Coremas. “Vamos nos mobilizar. Essa obra precisa ser realizada”, finalizou Jeová.  

     

 

 

   CVN